Connect with us

Internacional

Acção disciplinar da UEFA contra o Real, Barcelona e Juventus

Associação caminha na conversa

Após mais de um mês após os planos para uma Superliga terem caído por enquanto, a UEFA está a tomar medidas oficiais contra os três restantes co-fundadores Real Madrid, FC Barcelona e Juventus Turim.

O órgão dirigente anunciou na terça-feira à noite que tinha sido aberto um processo disciplinar contra os três clubes. Anteriormente, o Comité de Ética e Disciplina da federação tinha conduzido investigações ao trio de Espanha e Itália por possíveis violações do quadro legal da UEFA.

No período que antecedeu o Congresso da UEFA em Abril, no qual foi decidida uma reforma da Liga dos Campeões a partir de 2024, doze clubes europeus de topo tinham anunciado a criação de uma Super Liga com receitas potenciais de milhares de milhões. Isto estaria em competição directa com a Liga dos Campeões. Nem da Bundesliga nem dos clubes da Ligue 1 francesa tinham aderido à Superliga. O projecto de mil milhões deveria ser financiado por um grande banco americano.

Nove dos doze clubes recusados por enquanto

O grupo original era constituído pelos principais clubes europeus AC Milan, FC Arsenal, Atlético Madrid, FC Chelsea, FC Barcelona, Inter de Milão, Juventus Turin, FC Liverpool, Manchester City, Manchester United, Real Madrid e Tottenham Hotspur.

Após fortes protestos de ligas nacionais, associações e numerosos grupos de fãs, nove clubes viraram gradualmente as costas ao projecto. Apenas o trio contra o qual foram agora iniciados processos disciplinares se manteve na Superliga.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

More in Internacional